Vitória FC é campeão de futebol de mesa

 

Com seis vitórias em seis jogos, o Vitória FC f sagrou-se campeão do Primeiro Torneio Lafume de Futebol de Mesa dia primeiro de fevereiro. Organizado por um grupo de amigos do Banestes, coordenados por Alexandre Traspadini e Alexandre Novello, ambos moradores de Jardim Camburi, o torneio da Liga Amadora de Futebol de Mesa (Lafume) reuniu 16 participantes, que disputaram um total de 252 partidas, ao longo de 12 rodadas, com 764 gols marcados.

Realizada na Mata da Praia, a última das 12 rodadas do Primeiro Torneio Lafume de Futmesa, iniciado em janeiro do ano passado, definiu também o campeão de 2013.   A final foi entre Tião Barbosa (Vitória FC) e Pedro Brunoro (Vasco), em partida surpreendente de nove gols, com empate de 3 a 3 no tempo normal (15 minutos), e depois, na prorrogação de cinco minutos, resultado final de 5 a 4 para o Vitória.

O ex-vice-prefeito de Vitória Tião Barbosa faturou o título da última rodada e ainda sagrou-se campeão de todo o torneio, somando 177 pontos de um total de 240 disputados. “Vencer ou ganhar nunca foi o mais importante. Sempre prevaleceu a amizade, a pura diversão entre amigos”, afirmou Tião Barbosa, que em todos os jogos usou a camisa do Vitória FC, adquirida na secretaria do clube, em Bento Ferreira..

O vice-campeonato do Torneio Lafume 2013 ficou com Alexandre Traspadini (Flamengo), com 151 pontos. Reinaldo Júnior (Holanda), 140 pontos, conquistou o terceiro lugar no campeonato.  Os botonistas podem escolher qualquer time para jogar, mesmo com repetição de equipes.

No campeonato, Alexandre Traspadini e Marcelo  Bachir  atuaram com o Flamengo. Tião Barbosa e Léo Pinto com o Vitória FC. Reinaldo Júnior e Marcos Bagrichevsky com a Holanda. José Moura e José Francisco com o Fluminense. Os outros times foram Botafogo (Alexandre Novello), Argentina (Rafael Zibetti), Itália (Luiz Flávio), Ajax (Espedito Laerte), Grêmio (Flávio Diesel), Internacional (Sérgio Gaúcho), Vasco (Pedro Brunoro) e Paris Saint Germain (Gilmar Eliazário).

O Torneio Lafume 2014 já tem 22 inscritos, incluindo um botonista de 65 anos. “Não há juiz nos jogos, pois sempre prevalece o fair play. A brincadeira começou com os cinquentões e depois atraiu os filhos. Os garotos nem sabiam que existia futebol de botão, mas viram e se encantaram”, disse Alexandre Traspadini.

“Apenas exigimos que os times tenham uniforme e escalações diferentes, para não ter confusão em campo e para que façamos a estatística de artilharia”, explica Alexandre Novello, um dos coordenadores. No Torneio 2013, Zico (de Traspadini) foi o maior artilheiro, com 61 gols, seguido de perto por Fuskinha, do Vitória FC (Tião Barbosa), com 59 gols. Van Basten, do time de Reinaldo Júnior, ficou em terceiro, com 28 gols.

O futebol de mesa é modalidade esportiva reconhecida pelo Ministério dos Esportes desde 1988. Os filiados da Liga Amadora de Futebol de Mesa, fundada em janeiro de 2013, optaram pela modalidade 12 toques, mas usam a pastilha e não a bolinha, em regra regional com 56 artigos

O futebol de botão está reunindo mais adeptos.  O Segundo Torneio Lafume de Futmesa, com início marcado para março, já conta com 22 inscritos, a maioria de Jardim Camburi, Mata da Praia e Jardim da Penha, mas de Vila Velha. Através do e-mail lafume13@hotmail.com, os interessados podem obter mais informações.

“Nosso objetivo é o entretenimento e a integração das famílias. Ao final do campeonato, fazemos um torneio feminino, reunindo as esposas. Pensamos ainda organizar um torneio infantil, porque esta brincadeira pode muito bem conviver com os jogos eletrônicos”, disse Alexandre Novello.