PREPARANDO A SUCESSÃO NO PROCESSO DE FABRICAÇÃO DAS MESAS OLLIVER

O planejamento do processo sucessório nas empresas familiares se torna um ponto fundamental de sobrevivência. Assim, quando se trata de empresas familiares é importante que exista por parte do fundador, a preocupação quanto ao preparo do futuro gestor.

Em outras palavras, que haja o planejamento da sucessão na busca pela longevidade da empresa. O fundador de uma empresa familiar coloca em seu negócio, além de todos os seus esforços e recursos, principalmente o seu sonho, o coração e a alma, mas com o passar dos anos, vem os herdeiros, filhos, netos e bisnetos, que terão de dar continuidade a esse sonho.

Quando falamos em sucessão, temos a impressão de que a partir de determinado momento, o fundador da empresa, desliga-se da direção dos negócios e passa para o seu sucessor a total administração de tudo que envolve a empresa familiar. Comparando essa transferência de responsabilidades com uma corrida de revezamento. Não teria graça nenhuma, se o primeiro corredor ao chegar ao final de seu tempo, parasse e entregasse o bastão ao seu parceiro, para que este começasse a sua corrida; o que é interessante, é o sincronismo que um chega a seus metros finais da corrida e já encontra o seu parceiro correndo, adquirindo assim velocidade e troca o bastão em um determinado espaço em pleno movimento, e a transição será considerado perfeito quando o público mal percebe esse momento, e que passa a incentivar o próximo corredor como se fosse o anterior para que a equipe alcance o objetivo de vencer o desafio.

bastaoCom esses pensamentos os irmãos e sócios fundadores das Mesas Olliver, Luiz Carlos e Antonio Carlos, decidem em janeiro de 2016 admitir na empresa Leandro de Oliveira, 36 anos, filho de Luiz Carlos, para que inicie seus treinamentos objetivando uma futura transição sem traumas.

No comments yet.

Deixe uma resposta


*Obrigatório